vamos_fundoazul.png
vamos_logo.png
vamos_desenho.png

O Programa de Aceleração Social Vamos.Rio é uma iniciativa do Instituto Ekloos, em parceria com o Instituto BAT Brasil e conta com patrocínio da BAT Brasil, através da Lei Estadual de Incentivo a Cultura da  Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro.

O Programa de Aceleração Social Vamos.Rio tem como objetivo fortalecer negócios de impacto social, organizações da sociedade civil e/ou grupos da área cultural e economia criativa que tenham atuação no Estado do Rio de Janeiro para que possam se desenvolver, aperfeiçoar seus processos de gestão e ampliar o seu impacto social.

 

Ao longo de 9 meses, os gestores das organizações selecionadas participaram de mentorias nas áreas de gestão estratégica, negócios e inovação.  Ao final do Programa, as iniciativas aceleradas se apresentaram para uma banca de investimento que irá selecionar uma ou mais para receber um incentivo financeiro em um total de  R$ 540 mil.

Programa Vamos Rio.jpg

Benefícios do Programa

Vamos Rio_Bemefícios do Programa - Reuniões Remotas.png

Reuniões remotas com mentores especialistas

Vamos Rio_Bemefícios do Programa - Aceleração.png
Vamos Rio_Bemefícios do Programa - Aceleração.png

Capacitações

online

Aceleração
do projeto

Vamos Rio_Bemefícios do Programa - Incentivo Financeiro.png
Vamos Rio_Bemefícios do Programa - Networking.png
Vamos Rio_Bemefícios do Programa - Banca de Investimentos.png

Oportunidade de receber um incentivo adicional de até R$540 mil

Criação de
networking

Apoio na gestão 
da organização

Conheça as organizações Selecionadas

CIA.jpg

Centro de Investigação Artística

Centro de pesquisa, produção cultural e desenvolvimento artístico que busca democratizar o acesso à educação e produção plural, aprofundada e de qualidade.

Freelas Conecta.jpg

Freelas

FREELAS é uma plataforma digital que promove a equidade de gênero conectando profissionais mulheres da economia criativa entre si e a quem deseja contratar seus serviços.

Escola de MEI.png

Escola de MEI

Uma plataforma de cursos sobre empreendedorismo em formato de jogo online, com linguagem acessível e descomplicada. Dessa forma, pequenos empreendedores são capacitados e podem ampliar seus negócios com base em conteúdos muito mais interessantes e simples.

FAIM.jpg

FAIM Festival de Artes
em Imbariê

Festival que enaltece a cultura periférica em Imbariê com exposições coletivas, apresentações musicais, cinema, palestras e mesas de debate, abordando temas como periferia, negritude, mulheres, arte e resistência.

favelaativa.png

Favelativa

Coworking criado na Cidade de Deus com o objetivo de conectar, capacitar e fomentar pequenos empreendedores da comunidade para a promoção do desenvolvimento local.

instituto brasil 55.jpg

Instituto Brasil 55

Instituição que gere a Casa Hip-Hop Brasil, primeiro espaço do país dedicado a preservar e multiplicar a cultura hip-hop, estimulando a emancipação de populações marginalizadas. Atua na produção de shows, debates, palestras, cursos e audiovisual para estimular a reflexão sobre pautas sociais e culturais.

Instituto Maniva.jpg

Instituto Maniva

OSC que busca valorizar os conhecimentos alimentares tradicionais e sustentáveis, renovando os laços perdidos entre os produtores, os alimentos que cultivam, cozinheiros e os consumidores.

JP MOVE.jpg

JP MOVE Companhia
de dança

Companhia de dança que desenvolve talentos jovens de favelas, formando-os e inserindo-os no mercado de trabalho. Através da venda de espetáculos e aulas de dança, a organização gera a sua sustentabilidade.

Kakaru.jpg

KAKARU

Negócio nascido na cidade do Rio de Janeiro que visa ampliar o consumo das PANCs - plantas alimentícias não convencionais - para ajudar a resolver o problema da fome e diversificar os vegetais presentes no prato brasileiro.

Laranja Criativa.jpg

Laranja Criativa

Organização criada em 2013 com foco principal em mulheres e jovens, buscando a redução das desigualdades por meio da educação empreendedora com ações voltadas para geração

de renda. 

Mantiquira.jpg

Mantiquira Mercado Local

É um negócio de impacto social sediado em Xerém, Distrito de Caxias, cujo foco é  a venda de produtos orgânicos e artesanais de pequenos produtores locais.

Mobilididade Suburbana.jpg

Mobilidade Suburbana

Negócio de impacto social que conecta pessoas e transportes com criatividade, visando melhorar os deslocamentos urbanos das classes C, D e E.

movimento black money.jpg

Movimento Black Money

Por um mundo com menos desigualdade econômica racial, o MBM fomenta a circulação de renda entre pessoas negras com base na educação, comunicação e inovação. É geração de valor econômico gerando autonomia!

nosso samba.jpg

Nosso Samba

Coletivo de Cabo Frio que realiza ocupações de praças públicas com rodas de samba, feiras de empreendedorismo e apresentações artísticas e culturais, com a presença criativa e econômica de mulheres

raizes.jpg

Raízes

Uma startup que cria experiências gastronômicas saudáveis e pretende transformar a alimentação de todas as pessoas por meio da cultura, do entretenimento e da informação. Se alimentar pode ser divertido e saudável!

rosap.jpg

RosaP Cadeia de
Produção Justa

Negócio de impacto social, configurando-se como uma rede de produção justa para o segmento de moda. Propõe uma relação mais justa de terceirização da produção, criando melhores condições de trabalho em toda a cadeia produtiva do setor.

SuperSenes.jpeg

SuperSenes

Atua no apoio às necessidades básicas dos idosos (principalmente as relacionadas à sociabilidade: entretenimento, companhia, auxílio na tecnologia) e aos familiares deles, para que este momento de suas vidas seja ainda mais significativo.

toti.jpg

Toti Diversidade

Negócio Social que forma profissionalmente refugiados e migrantes e apoia sua inserção no mercado de tecnologia.

wotec.png

Wo Tecnologia

Negócio de impacto social que viabiliza e democratiza a produção audiovisual  por meio da venda e locação  de equipamentos de audiovisual e cinema de forma acessível.

wow rank.png

WOW Rank

 Aplicativo de música e tecnologia voltado para beneficiar artistas independentes no serviço de streaming de música. Será utilizada uma estratégia de gamificação para engajar os ouvintes/fãs e Business Inteligence para coletar os dados refinados para os artistas independentes. 

vamos_barradepatrocinio.png